ABEP TIC – Fórum de Diretores Técnicos e Administrativos

A GoLedger esteve presente no Fórum de Diretores Técnicos e Administrativos da ABEP TIC que aconteceu em Brasília nos dias 6 e 7 de dezembro de 2018. Nosso COO – Otávio Soares teve a honra de ser convidado para palestrar no evento sobre a origem da tecnologia Blockchain, particularidades do Bitcoin, a diferença do modelo tradicional cliente/servidor, passando pelas características e particularidades de Blockchains Públicos e Blockchains Permissionados.

A tarde, para fechar com chave de ouro, tivemos a oportunidade de conduzir um Grupo de Trabalho específico sobre Blockchain com um público altamente qualificado de gestores antenados com as novas tecnologias e preocupados com a melhoria da qualidade dos serviços públicos e com o aumento da transparência e auditabilidade em seus processos.

Desde 1977, ano de sua criação, a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação – ABEP vem atuando na promoção e fortalecimento da cooperação entre suas associadas.

 

A ABEP promove reuniões e divulgações de informações, em seus três fóruns setoriais:

  • Conselho de Associadas – reúne os presidentes das entidades estaduais de informática. Nele são discutidos os modelos de organização, a integração da informática das diversas instâncias de governo e outras questões de importância estratégica para o segmento de informática pública.
  • Fórum de Diretores Administrativos-Financeiros – espaço para discussão de assuntos referentes às áreas de recursos humanos, gestão administrativo e financeira, relacionamento com os fornecedores e contratos.
  • Fórum de Diretores Técnicos – tem como foco de atenção novas tecnologias, novas aplicações da informática no setor público, formação técnica do pessoal e cooperação tecnológica.

As entidades, associadas da ABEP atuam na busca da modernização administrativa, aliada à qualidade e produtividade dos serviços que os governos estaduais prestam à sociedade em setores como os de educação, saúde, transportes, segurança pública, habitação, entre tantos outros.
Estruturadas como sociedades de economia mista ou outra forma jurídica de organização, as entidades estaduais de informática procuram, constantemente, a reciclagem tecnológica, apresentando as melhores soluções ao administrador público no seu processo diário de tomada de decisão, contribuindo para a racionalização dos serviços prestados a comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *